quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Exercícios físicos para grávidas

(Post de autoria da articulista convidada Bruna Rodrigues)

Não é porque um bebê (ou mais bebês!) está a caminho que a futura mamãe deve deixar de lado os exercícios físicos. A gravidez deve ir além dos cuidados com a criança, com as roupinhas de bebê, com o enxoval, e coisas do tipo, e também deve englobar uma série de cuidados com a saúde física e mental da mamãe. Além dos frequentes exames de pré-natal e de uma alimentação para gestantes, as atividades físicas também precisam fazer parte da rotina da grávida.



Quais os melhores exercícios para grávidas?


Em primeiro lugar, é importante conversar com o ginecologista ou obstetra. Apenas esses profissionais podem indicar os melhores exercícios individualmente, afinal o que serve para uma gestante pode não servir para outra. Cada organismo funciona de um jeito, cada gestação tem seus riscos - por menores que sejam -, e cada mulher pode ou não ter alguma disfunção ou doença que precise de cuidados especiais. Além do mais, não adianta reclamar: é normal o ganho de até 14 kg até o final da gestação. Portanto, nada de sair correndo na esteira ou levantando peso sem falar com o médico, hein? Seu bebezinho agradece!

De uma maneira geral, alguns exercícios são ideais para o tempo da gestação. São eles:

- Hidroginástica: o mais indicado para as gravidinhas. Além de proporcionar uma deliciosa sensação relaxante por conta do contato com a água, essa atividade ajuda a diminuir inchaços, a aliviar as dores da contração e do parto, e principalmente a manter a saúde física e mental da gestante;

- Caminhada: sem exageros nem pressa, a caminhada faz muito bem para a grávida, ajudando a melhorar a circulação sanguínea (o que alivia os inchaços) e controlando o ganho de peso;

- Musculação: na medida certa e feita com cautela, a musculação é excelente para as gestantes. Ela reforça a musculatura, relaxa a mente e alivia as dores na coluna e na região lombar, comuns por causa do aumento do peso da barriga.

E após o nascimento do bebê, apesar da falta de tempo crescer, vale a pena arrumar sempre um espacinho entre uma mamada e outra para dar seguimento às séries de exercícios. Algumas academias têm até espaço para seu bebê enquanto você malha, e para não ficar sobrecarregada, as bolsas maternidade, peça-chave para todas as mamães, podem abrigar tanto as coisas do bebê quanto as suas próprias. Os exercícios deixarão você mais disposta para cuidar do bebê e ajudarão, ainda, seu corpo a retomar o peso anterior à gestação!

Nenhum comentário:

Postar um comentário